quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Luis Taniguchi confirma presença no Bahia Moda Design

Foto: Divulgação.

Nome conhecido no fashion business nacional, Luis Taniguchi, especialista em análise de mercado por estilo de vida, será um dos palestrantes do Bahia Moda Design, evento a ser promovido pelo Senac Bahia, FIEB/Senai e Sindvest de Salvador e Feira de Santana, nos dias 12 e 13 de novembro, na Casa do Comércio. Presidente da Tani Brazil desde 2005, Taniguchi foi executivo da C&A por mais de 10 anos e consultor de marcas como a Grendene.

Atualmente também leciona em vários cursos de especialização em Moda, promovidos por  instituições como Faap, IBModa e Senac. No dia 13, às 17h, Taniguchi abordará o tema ‘Perfil do Consumidor de Moda’ para uma plateia de estudantes e profissionais do setor. As inscrições serão gratuitas e as vagas limitadas. O Sebrae assina o patrocínio do Bahia Moda Design e o BNB (Banco do Nordeste) é o apoiador do evento.

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Arte Reciclada em casa


Artesão e designer Rafael Vasconcellos dá dicas em passo a passo de como é possível reciclar com bom gosto.

Foto: Divulgação.
O artesão Rafael Vasconcellos, conhecido pela sua arte, bom gosto e preocupação socioambiental, irá através de um passo a passo, mostrar para o público que é possível criar em casa de modo simples e fácil, móveis de decoração que auxiliam a organização do dia a dia com matéria prima reciclada. 

O designer irá ensinar através de um passo a passo para os leitores do portal UOL como criar com matéria prima simples e reaproveitada, um gaveteiro com caixotes de madeira, e ainda dá dicas de decoração e pintura para o móvel.

A produção da matéria foi feita na sua oficina, localizada no bairro da Lapa em São Paulo onde o artesão reúne os caixotes que o designer utiliza para expressar através de uma linguagem contemporânea sua arte e a sua contribuição para a arte e para o meio ambiente.

O passo a passo do gaveteiro estará disponível na editoria Casa e Móveis do portal UOL.


Para acessar o site do designer, e conhecer um pouco mais do seu trabalho, acesse o site: http://www.rafaelvasconcellos.com.br/  


Sobre o designer:

Devido a exposição e o seu contato direto desde a infância com artesãos e artistas em Tiradentes – MG, Rafael Vasconcellos aos setes anos já mostrava que levava jeito para a arte, e não parou mais. Passou então a explorar seus dons e aperfeiçoar a sua forma de trabalhar como artista e montou sua primeira oficina aos dezoito anos.

Após dez anos de intenso processo de criação de peças únicas com matéria prima das mais inusitadas, o designer passou a sentir a necessidade de mesclar arte e designer com os desafios do cenário urbano, a necessidade atual de gerar mecanismos simples e sustentáveis para o dia a dia das pessoas, o fez acreditar que poderia criar peças que interessariam pessoas que gostam de arte e se interessam pela decoração sem afetar o meio ambiente. E assim, passou a criar as mais incríveis móveis de decoração.

Atualmente o artesão desenvolve peças com todo o bom gosto e autenticidade reaproveitando matéria prima com requinte e inovação. Seus produtos são 100% reciclados, inteiramente reparados e tratados, o que resulta em peças com excelente acabamento e durabilidade. Vale a pena conferir este belo trabalho.

Curta a fan page do Arte Reciclada no facebook e fique por dentro das novidades sobre arte e design em recicláveis: http://www.facebook.com/pages/Arte-Reciclada/350078431735654


As peças de Rafael Vasconcellos podem ser encontradas na Vila Madalena, em São Paulo, bairro conhecido pela arte e bom gosto. Entre no site e confira os trabalhos do designer. http://www.rafaelvasconcellos.com.br/

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Casa Cor Bahia 2012


Devido ao grande sucesso do ano passado, a Casa Cor Bahia 2012 acontece em um dos locais com a vista mais bonita de Salvador, o Salvador Praia Hotel. Sinônimo de bom gosto e requinte, a mostra abre as portas deste lugar inesquecível com novidades e em grande estilo. 

Este ano, o evento que contará com 68 profissionais entre arquitetos, decoradores, paisagistas e designers, para elaborar 45 ambientes, tem como tema MODA. ESTILO. TECNOLOGIA, retratando o universo fashion que se faz cada vez mais presente nos projetos de decoração, e alinhados com muito colorido, produtos regionais e também da sustentabilidade, que já faz parte dos ambientes em todo o país. 

Uma das grandes novidades da mostra desse ano consiste na parceria com o shopping Iguatemi, com a criação do Esquina da Moda. O espaço é totalmente diferenciado onde os visitantes, além de encontrarem ideias e soluções para sua casa, como um todo, terão também a oportunidade de renovar o guarda-roupa, adquirindo as melhores grifes como Calvin Klein, Iodici, Osklen, Victor Hugo, Stroke, dentre outros. 

Toda essa sofisticação e requinte poderão ser conferidos até 11 de Novembro.

Informaçõe retiradas do site http://www.casacor.com.br/bahia/

Bahia Moda Design agita o mercado fashion baiano em novembro

Foto: Divulgação.
Numa iniciativa do Senac Bahia e Sindvest de Salvador e Feira de Santana, será realizado o Bahia Moda Design, nos dias 12 e 13 de novembro, na Casa do Comércio. O evento tem por objetivo fomentar a indústria da moda genuinamente baiana, promovendo o trabalho dos novos e dos experientes estilistas, das indústrias do vestuário de Salvador e interior e das instituições de ensino da área. Com produção de Claudio Silveira -responsável pelo Dragão Fashion, evento de moda de Fortaleza- o Bahia Moda Design terá programação diversificada, mesclando palestras abertas ao público e desfiles exclusivos para convidados. Uma das coleções confirmadas na passarela é a de Márcia Ganem. O Sebrae assina o patrocínio e o BNB é o apoiador do evento.

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Criativos Dissonantes

Foto: Divulgação.
Voltado para artistas, designers, publicitários, estilistas e demais profissionais das áreas criativas, chega a Salvador nos dias 26 e 27 de outubro o segundo laboratório do projeto Criativos Dissonantes. O encontro terá como orientadora a designer Karlla Girotto, que irá tratar do modo como a experiência sensorial e as percepções do mundo interferem no processo de criação. As atividades teórico/práticas acontecem no Centro Técnico do Teatro Castro Alves, numa discussão sobre como o entendimento de acontecimentos sociais, econômicos e políticos podem ser o ponto de partida para decisões criativas, desconstruindo a idéia de que elas surgem apenas de feelings abstratos e exaltando a experiência sensorial como forma de compreender a realidade que nos cerca.

As atividades acontecem das 9h às 13h e das 15h às 19h, e as inscrições podem ser feitas até a meia noite deste domingo, 21 de outubro, no site oficial do Criativos Dissonantes . Na página, os interessados deverão preencher uma ficha com seus dados e anexar um currículo/portfólio, além de escrever uma carta-intenção de até 500 caracteres. A seleção seguirá como parâmetros a escolha de profissionais de áreas criativas variadas, tendo como critérios a compatibilidade do participante com o conteúdo do laboratório e a coerência na justificativa de seu interesse em participar da atividade.


SOBRE KARLLA GIROTTO


Foto: Divulgação.
Graduada pela Faculdade Santa Marcelina, São Paulo, Karlla Girotto é estilista e consultora de moda, transformando suas inquietações em roupa. Desfilou a grife que leva seu nome no São Paulo Fashion Week e no Fashion Rio, sob a perspectiva de trocar as passarelas para apresentar performances de muita repercussão. Atuou junto a empresas como Ellus, Reinaldo Lourenço, Animale, Site Erika Palomino, Cavalera, além de trabalhar com renomados artistas da dança e do teatro, entre eles Denise Stoklos e Antunes Filho. Em âmbito acadêmico, atuou como docente em diversas instituições: FAAP, SENAC, IBMODA - Instituto Brasileiro de Moda, Universidade de Caxias do Sul, FUMEC-Belo Horizonte, Universidade Federal do Rio Grande do Sul e outras. (www.karllagirotto.com.br)


SOBRE O PROJETO CRIATIVOS DISSONANTES

Com a proposta de apresentar aos profissionais baianos a importância de novos olhares e experiências em um mundo que valoriza cada vez mais a imaterialidade, o projeto Criativos Dissonantes realiza em Salvador, de forma inédita, cinco laboratórios com profissionais reconhecidos no campo da criação nacional. Advindos de diversas áreas de conhecimento, mas todos com um método próprio que fez de suas carreiras cases de sucesso, Agus Commas, Karlla Girotto, Fabrício da Costa, Susy Okamoto e Julia Valle chegam à capital baiana entre os meses de outubro e dezembro como orientadores das atividades. Contemplado pelo edital No 01/2012 – Economia Criativa da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, o projeto Criativos Dissonantes busca promover na cidade uma ambiência de discussão e oportunidades, de forma gratuita, para os atuantes no mercado criativo. A idealização e produção é dos designers Tarcisio Almeida e Thaís Muniz e do administrador Vitor Barreto.

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Salão de Artes Visuais de Juazeiro promove oficinas artísticas


A cidade de Juazeiro vai receber duas oficinas artísticas gratuitas entre os dias 01 e 19 de outubro. Elas integram a programação dos Salões de Artes Visuais da Bahia 2012, projeto realizado pela Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), unidade da Secretaria de Cultura do Governo do Estado (SecultBA), iniciado no município no último dia 21 de setembro. “História da Arte” e “Processos Criativos Contemporâneos” são os temas dos cursos, que terão, cada um, cinco dias de aula, e acontecerão no Centro de Cultura João Gilberto (Rua José Petitinga, s/n, St Antônio). O primeiro acontecerá das 14h às 17h; o segundo, das 15h às 17h. As turmas de ambos os cursos serão formadas por até 20 pessoas, maiores de idade, entre artistas, professores da área e demais interessados, que podem se inscrever – até quando durarem as vagas – no próprio Centro de Cultura João Gilberto ou pelo e-mail saloes.artesvisuais@funceb.ba.gov.br, até o meio-dia de 01 de outubro.

Com foco na Arte Moderna e Contemporânea, a oficina sobre “História da Arte” vai se utilizar de uma metodologia voltada para uma abordagem compreensiva do processo criativo e seu desenvolvimento a partir do século XX. Ministrado por Iêda Oliveira, entre os dias 01 a 05 de outubro, o curso contará com aulas expositivas e dialogadas, com apresentações e mostra de vídeos e catálogos. Já a oficina sobre “Processos Criativos Contemporâneos” objetiva apresentar um panorama da produção criativa nacional e internacional atual, com utilização de fotos e vídeos. Ministrado por Caetano Dias, este curso acontece de 15 a 19 de outubro.

Celebrando os 20 anos dos Salões Regionais de Artes Visuais da Bahia, consolidados como um dos principais objetos de incentivo à criação e difusão de produção artística e à dinamização dos espaços expositivos do interior do estado, os Salões de Artes Visuais da Bahia 2012, como de costume, vão compor três exposições abertas à visitação pública em diferentes cidades baianas, com oficinas artísticas gratuitas em todas elas. Além de Juazeiro, onde permanece até 4 de novembro, o evento passou por Irecê (08 de julho a 08 de setembro) e Jequié (de 17 de agosto a 30 de setembro).

Cada uma das três mostras apresenta 25 trabalhos, totalizando 75 obras de 68 diferentes artistas, e tem seus premiados: em cada cidade, são três obras premiadas com R$ 7 mil, até duas recebendo menções honrosas e, ainda, o Prêmio do Público, pela votação dos visitantes. Para isso, serão investidos R$ 63 mil somente nas premiações, sem contar com o auxílio no valor de R$ 800 para o custeio da participação que todos os expositores recebem.

Em 2013, todos os premiados vão integrar uma edição especial dos Salões no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA). Suas obras irão compor também as páginas do Catálogo dos Salões de Artes Visuais da Bahia, publicação bianual de registro e divulgação. As duas edições já lançadas do Catálogo (2007/2008 e 2009/2010), além de suas versões impressas, estão disponíveis para download no site da FUNCEB: www.funceb.ba.gov.br

Empresa desenvolve equipamentos que facilitam a acessibilidade


Visando melhorar a acessibilidade das pessoas com mobilidade reduzida, a Imago – Desenvolvimento de Produtos tem se destacado entre empresas de engenharia por desenvolver equipamentos especiais. Implantada na Incubadora do Parque Tecnológico, a empresa realizará uma exposição amanhã (28), às 10h, no Palácio da Aclamação, para a apresentação da Linha Independent Life que tem o compromisso de facilitar o acesso deste público, por meio de uma linha de guinchos móveis, de piscina e de parede, além de plataformas elevatórias móveis. 

Com grande foco na rede hoteleira, a linha de guinchos garante acesso seguro e confortável a piscinas, transferência da cadeira de rodas para a cama facilitada, e embarque e desembarque de portadores de mobilidade reduzida em recepção de hotel, aumentando assim o turismo acessível e da terceira idade nos hotéis.

As plataformas elevatórias móveis devem ser aplicadas para tornar qualquer evento mais acessível, para isso possuem carga útil de 250 kg, instalação e desinstalação simples, vencem desníveis de até dois metros, não necessitam de rede elétrica, respeitam as normas da ABNT, garantem acesso seguro a palcos e podem ser adaptadas a uma estrutura de suporte para vencer escadas. As linhas de equipamentos visam prioritariamente a acessibilidade, garantindo assim aos portadores de mobilidade reduzida uma vida mais segura e confortável. 

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Efeito Home inaugura nova loja com valorização do design brasileiro

A Efeito Home está de casa nova. A loja de móveis e design abrirá suas portas nesta terça-feira, dia 14, às 19h30, no Caminho das Árvores trazendo uma proposta diferenciada. O conceito da nova loja aposta na valorização do mobiliário com design nacional, apresentando, em sua maioria, peças assinadas por designers brasileiros que trazem, além de qualidade e autenticidade, um bom custo benefício para o consumidor final.

A proposta da Efeito Home é o de buscar, onde estiverem, a qualidade do traço inovador do móvel brasileiro e seus autores – brasileiros talentosos – valorizando, assim, o móvel atual, além de informar e dar conhecimento técnico a quem está comprando. E para apresentar esse conceito, a Efeito Home, sob o comando da empresária  Indaiá São Bernardo, trará a mostra inaugural Design In Brasil na Alta Decoração, com ambientes da loja assinados por 14 profissionais com móveis de designers brasileiros, além de peças de artesanato e esculturas. Segundo Indaiá,“Além de uma loja maior, queremos levar um conceito diferenciado para a casa dos baianos que é o de valorizar o trabalho de profissionais brasileiros”.

Efeito Home - Há 8 anos no mercado, a Efeito Home, apresenta um leque diversificado de móveis para ambientes externos e internos, com produtos versáteis e funcionais, em vários estilos e designs, com preço e qualidade.  A nova loja na Rua Timbó, no Caminho das Árvores, com projeto arquitetônico do arquiteto Rogério Menezes ganhou uma área ampla com 3 pavimentos, sendo 2 de showroom, 1 de escritório e subsolo e 6 vitrines, além de uma área externa com produtos voltados para este tipo de ambiente. 

domingo, 22 de julho de 2012

Lego lança coleção inspirada em Super Heróis

Foto: Reprodução.
A Lego, marca dinamarquesa mundialmente famosa pelos seus brinquedos de montar, traz uma grande novidade para os fãs e colecionadores dos quadrinhos: a linha Super Heroes. Inspirada na história dos Vingadores, a nova coleção é formada pelos heróis Hulk, Capitão América, Wolverine e Homem de Ferro, que combatem os vilões Luki, Magneto e Deadpool. Além dos bloquinhos e dos mini-personagens, a Lego também lança figuras de ação de 20 cm de altura. A nova coleção tem kits que custam entre R$ 69,00 e R$ 399,00 e já está disponível nas lojas de todo o Brasil.

sábado, 21 de julho de 2012

Juliana Rabinovitz apresenta a nova Casa 51, que agora funciona como loja e atelier apenas da sua marca

Designer reabre o espaço loja do seu _lojelier_ e apresenta novas criações com estampas exclusivas, inéditas em Salvador, apresentadas apenas na Première Vision Paris, ano passado.



A proposta continua a mesma: um espaço de vanguarda, onde a mulher se veste dos pés à cabeça, e a moda transcende a finalidade de apenas vestir. Na Casa 51, roupas, acessórios, e agora também jóias, se comunicam com idéias e sensações e propõem um diálogo com o estilo de vida de cada uma de suas visitantes. Tudo sob a direção da mente criativa da designer Juliana Rabinovitz, que agora rege sozinha o espaço, onde grande anfitriã é a marca homônima, Juliana Rabinovitz. Na próxima quarta-feira, dia 18, às 18 horas, Juliana Rabinovitz recebe a imprensa de Salvador para conhecer a nova CASA 51. Na ocasião, será oferecido um coquetel, em um momento intimista e especialmente dedicado à imprensa.



Sob regência única de Juliana, a Casa 51 abre as portas de segunda a sábado, com um ambiente rico em provocações, desenhado sob a ótica do tripé moda+cultura+arte. A proposta irreverente de casar loja e atelier no mesmo espaço, o que rendeu o termo _lojelier_ (criado pela designer), faz da Casa 51 um “lar” cheio de personalidade.



Do mesmo jeito que os tecidos ganham forma no ateliê da Casa 51, as roupas ganham vida e expressão no espaço da loja. Lá, as visitantes têm a assessoria e orientação direcionadas a seu estilo de vida particular, o que direciona a escolha dos produtos, através do atendimento personalizado e serviço de consultoria de moda. Porque o objetivo é libertar e não rotular.



A proposta é a de uma produção completa e, para tanto, a marca anfitriã reuniu outras marcas para dialogar com suas peças. Juntas, formaram uma família pronta para recepcionar com bom gosto suas visitantes, sem nada faltar, dos pés a cabeça. As marcas de acessórios, sapatos e jóias seguem o conceito de vanguarda da Casa 51, e conseqüentemente da marca anfitriã, propondo uma moda com identidade.


Fotos: Juliana Rabinovitz
ESTAMPARIAS – O talento de Juliana Rabinovitz foi literalmente estampado em tecidos, ano passado, quando a estilista baiana foi, a convite da ABIT (Associação Brasileira de Indústrias Têxteis), através do Programa Texbrasil (Programa de Exportação da Indústria da Moda Brasileira), expor cerca de 100 estampas na Indigo Paris 2011, feira integrante da Première Vision Pluriel, mais importante evento de estamparia no mundo.


As estampas têm como inspiração os mais diversos temas e referências, mas principalmente elementos da cultura brasileira e claro, da cultura baiana. São cenas, figuras e acontecimentos da vida cotidiana, interpretados pela visão particular da designer, tais como: a atmosfera típica das feiras populares, azulejaria portuguesa remanescente do período colonial, o carnaval, iconografia do afoxé Filhos de Ghandi ou até uma invasão de sapos à noite e colagens com cascas de amendoim. Misturando técnicas de desenho manual, pintura, fotografia e efeitos gráficos as ilustrações expressam “relatos poéticos” da nossa realidade contemporânea através da personalidade inquieta da designer.



São essas estampas exclusivas que enchem de personalidade uma parte das novas criações da marca Juliana Rabinovitz. Elas somam um traço a mais de irreverência a peças que, de longe, são reconhecidas como saídas das mãos da designer. Essa identidade criativa reconhecida à distância pode ser descrita como rica em formas, texturas e efeitos inusitados e, ao fim, acaba por encontrar nas palavras exclusividade, originalidade e ousadia a melhor forma para se revelar.



JULIANA RABINOVITZ – Por acreditar que resultados diferenciados e inovadores são obtidos através da experimentação contínua, Juliana Rabinovitz desenvolve seus próprios métodos e processos produtivos, o que possibilita descobertas encantadoras. Todo o processo produtivo, desde a criação, passando pela modelagem e pilotagem, as estampas e o acabamento são feitos no seu ateliê, a maioria deles pelas próprias mãos dela, que testa incansavelmente novos resultados para cada aviamento e demais finalizações das peças. “A riqueza está no que é minucioso”, diz a designer.



Muito além de seguir tendências ou modismos a marca Juliana Rabinovitz pretende atingir o indivíduo como ser pensante, seus anseios, instintos, objetivos e sonhos: sua essência. O resultado é uma “arquitetura do vestir”, na qual surgem formas, texturas e efeitos que dão vida a peças de roupa, acessórios e objetos utilitários.



Juliana Rabinovitz tem 30 anos e nasceu em Salvador. Formada em estilismo e produção de moda pelo SENAC/BA em 2005, ela tem sua pesquisa baseada principalmente na Escola Deconstrutivista, influência que vem da sua formação inicial em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal da Bahia. Suas criações -– roupas, acessórios, estamparias e objetos utilitários– caracterizam-se pela irreverência, conforto e versatilidade, unidos à sofisticação e busca constante por qualidade.


CASA 51 – Rua Alexandre de Gusmão, 51, Rio Vermelho (em frente ao
restaurante Cien Fuegos)

Horário de funcionamento: Segunda à sexta: 10:00 às 21:00 h
                                       Sábado: 10:00 às 17:00 h

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Estilistas falam sobre Concurso Novos Talentos


Referência entre os projetos que incentivam a carreira de novos profissionais do mundo da moda, o Concurso Novos Talentos, desenvolvido pelo Shopping Barra, já revelou grandes nomes do cenário fashion baiano e promete repetir o sucesso na edição deste ano. 

“O start para a minha carreira começou com o Concurso Novos Talentos, quando tive o meu primeiro contato com verdadeiros profissionais do mundo da moda. Sou muito grato à iniciativa e à oportunidade que tive”, diz Vitorino Campos, estilista de moda baiano com reconhecimento internacional. 

O vencedor do concurso de 2011, Aladio Marques, vai desfilar a nova coleção primavera-verão que traz sua assinatura na próxima edição do concurso, que acontece em setembro. “O Novos Talentos é muito importante para a moda baiana. Quem quiser ganhar maior projeção e reconhecimento não pode perder essa oportunidade”, revela. 

Aos estudantes, amantes ou profissionais da moda, vale lembrar que as inscrições acontecem até o dia 23 de julho. Cada concorrente precisará elaborar um projeto, que deverá conter a proposta conceitual do desfile, e entregar até o dia10 de agosto. Todos os trabalhos inscritos serão avaliados por um júri, que selecionará as três melhores produções para desfilarem, coletivamente, cincolooks cada um durante o concurso.

O edital, modelo de projeto e ficha de inscrição do Concurso Novos Talentos 2012 estão disponíveis no site do Shopping Barra (www.shoppingbarra.com). As inscrições e material deverão ser entregues na Central de Relacionamento, localizada no 1º Piso, setor Norte, dentro de seus prazos e durante o horário de funcionamento do shopping, de segunda a sábado, das 9h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h. Para mais informações, ligar no telefone 71 2108-8288/8285.

Ano que vem, os três finalistas disputarão mais uma etapa, apresentando produções para a moda Outono/Inverno 2013. Nas 12 edições do concurso, dezenas de estilistas já foram revelados ao fashion business baiano e também do exterior, dentre eles grandes nomes como Vitorino Campos, Luciana Galeão, Úrsula Felix, Karol Farias, Vinícius Cerqueira, Leila da Cruz, Márcia Ganem, Tarcísio Almeida e Alexandre Guimarães.

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Autor do livro "Vaporzinho" realiza oficina de desenho para crianças

Foto: Divulgação.

O designer e editor da Solisluna Editora, Enéas Guerra realiza no dia 22 de julho, às 16h, na Livraria Cultura, uma oficina de desenhos para o público infantil. O tema da atividade, que inclui contação da história, será o livro “Vaporzinho”, publicação para crianças, na qual ele dá vida a um pequeno navio que atravessa uma baía e navega por um rio, carregando produtos e levando pessoas. 


Ricamente ilustrado, o livro mescla aquarela e crayon em pintura digital, enquanto o texto em versejo remete às trovas ou quadrinhas, com suas rimas. O enredo é inspirado na história do navio a vapor que ligou a capital baiana ao município de Cachoeira, no Recôncavo, nos séculos 19 e 20. “Mas é uma história universal, que pode estar acontecendo na Ásia, no Mediterrâneo, na África, no Rio São Francisco e na Amazônia", pontua Enéas Guerra.

Além de lúdico e universal, o livro traz recursos didáticos que podem complementar o interesse das crianças pelo tema. No verso da contracapa, há um mapa do trajeto do Vapor de Cachoeira e dados sobre a história da embarcação. O objetivo é reforçar o interesse pelo transporte fluvial e marítimo.


"Vaporzinho" também homenageia três personagens da vida real de Cachoeira: dona Dalva Damiana, integrante da Irmandade da Boa Morte e criadora do grupo de samba-de-roda mais famoso da Bahia; o maestro, compositor e clarinetista Tranquilino Bastos (1850-1935), fundador da Sociedade Orpheica Lyra Ceciliana; e Seu Agostinho, um morador da cidade.

Foto: Vicente Sampaio

ENÉAS GUERRA

Formado pela Escola Superior de Propaganda e Marketing em 1972, Enéas tem se dedicado ao design, à ilustração e às artes gráficas. Vivendo na Bahia desde 1973, ele foi responsável pela edição de arte de vários livros do etnólogo e fotógrafo Pierre Verger, com quem iniciou seu trabalho para o público infantojuvenil, assumindo a coautoria, como ilustrador, dos livros “Oxossi, o caçador” e “Lendas dos orixás”, publicados em 1981.

A ideia do livro “Vaporzinho” surgiu há 25 anos, quando elaborou o texto e as ilustrações em aquarela. Em  2009, antes  da publicação, ele fez  uma releitura do  texto  e  refez  as ilustrações  em  pintura  digital.  Atualmente, o designer e editor está trabalhando em cinco diferentes livros. Com o sugestivo nome “Que bichos doidos!”, seu próximo lançamento tem como público crianças de até seis anos.


CATÁLOGO INFANTOJUVENIL

“Vaporzinho” faz parte do diversificado catálogo infantojuvenil da Solisluna Editora, cuja principal característica é aliar textos leves a ilustrações belas e bem cuidadas. Temas ligados à natureza, cultura afro-brasileira, seres fantásticos e psicologia infantil estão presentes entre os 12 títulos direcionados principalmente para crianças e adolescentes.

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Inscrições abertas para o III Fórum de Sustentabilidade da ADEMI-BA


Interessados em participar do III FRUM DE SUSTENTABILIDADE da ADEMI-BA (Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário) já podem fazer sua inscrição gratuita no site da entidade. O evento, que será realizado no dia 18 de julho, das 8h às 18h, no Auditório do Edf. Mundo Plaza, busca compartilhar conhecimentos sobre práticas de referência no campo da construção sustentável, beneficiando o setor, a sociedade e o meio ambiente.


Entre os assuntos que serão discutidos estão "Os Novos Princípios da Construção para um Novo Planeta"; "A Filosofia, A Prática da Sustentabilidade e da Inovação como Diferencial Competitivo" e "Inovação e Sustentabilidade para Empreendimentos Habitacionais - Ganhos Reais e Casos Concretos". Os participantes também poderão conferir a mesa-redonda "Tendências de Materiais, Tecnologias e Processos de Construção de Empreendimentos Habitacionais".

Nilson Sarti
Foto: Reprodução.


Na ocasião, o presidente da ADEMI-BA, Nilson Sarti e o professor e especialista em sustentabilidade Fábio Rocha apresentarão a segunda edição do Plano de Trabalho "ADEMI e a Sustentabilidade".



As inscrições podem ser feitas através do site

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Grandes nomes da sustentabilidade marca presença no III Fórum de Sustentabilidade da ADEMI-BA

Para o III FORUM DE SUSTENTABILIDADE DA ADEMI-BA (Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário da Bahia), que será realizado no dia 18 de julho, das 8h às 18h, no Auditório do Edf. Mundo Plaza, a entidade trouxe grandes profissionais da sustentabilidade e das construções verdes.

Um dos grandes nomes do evento, o membro da equipe do maior escritório de arquitetura do mundo, a Foster+Partners, CRISTIANO MICHELENA, marcará presença com a palestra "Os Novos Princípios da Construção para um Novo Planeta". 

Como um dos associados da PHA Consult, Michelena trabalha desde 2011 com a Foster+Partners tendo papel central no projeto de uso misto em Gurgaon, na Índia. No Brasil, o engenheiro desenvolveu projetos para clientes como Tetra Pak, Renault e Pilkington, dentre outros também de grande expressão no mercado.  

O engenheiro civil, co-fundador e diretor geral da Tecverde - empresa líder em sustentabilidade e que oferece processos mais eficazes para a construção de casas - CAIO BONATTO também marcará presença no III Fórum. Bonatto estará à frente da Inovação e Sustentabilidade para Empreendimentos Habitacionais e sobre a tecnologia _woodframe _para a construção civil no país. 

Já o responsável técnico da Master Ambiental, FERNANDO JOO RODRIGUES DE BARROS e o especialista em Energias Renováveis, Regulação de Energia Elétrica e Mudança do Clima, OSVALDO LVIO SOLIANO PEREIRA irão participar da mesa redonda sobre as Tendências de Materiais, Tecnologias e Processos de Construção de Empreendimentos Habitacionais. A Master Ambiental desenvolve soluções inovadoras capazes de promover o crescimento econômico com respeito ao meio ambiente. 

Também estará presente no evento a gerente de Desenvolvimento de Mercado de Polipropileno da Braskem, MNICA EVANGELISTA. Ela falará sobre a Filosofia, a Prática da Sustentabilidade e da Inovação como Diferencial Competitivo.

Chamada - Gampi Plural 2012


Com o objetivo de socializar com a comunidade os resultados obtidos em ações de pesquisa e desenvolvimento na área do Design, promovendo o intercâmbio de informações entre estudantes e profissionais, o Departamento de Design da UNIVILLE convoca para a submissão de artigos para o GAMPI PLURAL 2012 em duas modalidades:
• artigo completo (15.000 a 25.000 caracteres, sem contar os espaços)
• artigo de iniciação científica (5.000 a 10.000 caracteres, sem contar os espaços)
O 2º Gampi Plural está inserido na programação do Gampi 2012, com atividades que serão realizadas de 24 a 28 de setembro de 2012.
O Edital se encontra no site do evento  http://www.gampidesign.com.br/plural/ .
Não há limite quanto ao número de artigos a serem enviados ao GAMPI PLURAL 2012, entretanto, serão aprovados no máximo quatro artigos por autor. Cada artigo poderá ter até 5 (cinco) autores e não há taxas para submissão de artigos.
Para a publicação dos artigos aprovados nos anais do GAMPI PLURAL 2012, pelo menos um dos autores deverá estar inscrito como participante no Gampi 2012 e apresentá-lo no evento.
DATA LIMITE DE ENVIO DOS ARTIGOS: 12 de Agosto de 2012. 
Dúvidas podem ser tiradas pelo email gampiplural@gmail.com

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Time line do Face transformado em filme!

O app Timeline Movie Maker foi desenvolvido pelo próprio Facebook em parceria com a empresa de design Definition6, com o objetivo de tornar mais interativo o Facebook ( se isso é possível ) o aplicativo transforma todas as publicações da time line como fotos, vídeos e textos, em um pequeno filme com música e até efeitos visuais. Para os cineastas de plantão e todos que vivem a vida com um filme ou um anime ( pq não? ) terá essa oportunidade, bastando apenas acessar a página oficial do serviço, fornecer ao app total acesso a seu perfil e aí está, o Timeline Movie Maker irá criar seu filme. Enquanto aguarda, poderá rever algumas das principais fotos que serão inclusas em sua apresentação. Não gostando de alguma música ou fotografia, só precisa fazer alterações se quiser.
O site oficial do aplicativo é www.timelinemoviemaker.com.

terça-feira, 10 de julho de 2012

Anima Mundi 2012

Foto: Reprodução.
Anima Mundi é o Festival Internacional de Animação do Brasil. Um festival que visa informar, formar, educar e entreter utilizando as infinitas possibilidades da linguagem de animação. 

Em 2012 o Anima Mundi celebra o seu 20° aniversário promovendo o festival anual no Rio de Janeiro e São Paulo.

O evento acontece a partir do dia 13 de julho na cidade do Rio de Janeiro e vai até o dia 22 de julho. Já em São Paulo o Festival vai do dia 25 a 29 de julho.

Confira a programação no site: http://www.animamundi.com.br/ 

Focus Design - SBU – Electric Self-Balancing Unicycle

Foto: Reprodução.
Equilíbrio foi a palavra de ordem do monociclo desenvolvido pela empresa americana Focus Designs que utilizou sete sensores para monitorar a orientação do modelo  2.0 SBU, esses sensores produzem informações que são interpretadas pelo processador e fazem com que o objeto se mantenha na vertical mesmo que ninguém o toque. Então vamos, é equipado com um motor de 100 watts de potência com uma bateria de lítio que e juntos produzem uma velocidade de 16 km/h com autonomia de até 20 km.  Segue  o vídeo para quem quer encarar o curioso monociclo http://www.youtube.com/watch?v=0JOgTKigxGs .

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Carregador de baterias normais?

foto divulgação

Sim o carregador Battery Charger II da empresa C3 TECH, consegue recarregar até mesmo baterias não reutilizáveis, pois possui tecnologia inovadora e um chip que revitaliza as pilhas convencionais. Há modelos com capacidade para 2 e 4 baterias com preços sugeridos de respectivamente R$ 70,00 e R$ 90,00 reais. O carregador é inovador e tem uma preocupação perceptível com o meio ambiente, tem compatibilidade com os seguintes tipo de baterias: AA, AAA, NI-CD e NI-MH. A alimentação é via USB e o tempo de recarga é de aproximadamente 8hs. Bom acho que ainda podemos salvar o planeta, basta aprimorarmos nos conhecimentos e produzir mais inovação.

domingo, 8 de julho de 2012

Politica e o Design

Li recentemente  um artigo no jornal The Guardian (UK), republicado pelo site DesignBrasil,  sobre a inclusão do design no desenvolvimento e na reformulação de políticas públicas. Este artigo, redigido por Justin Mcguirk, retrata o cenário da inclusão e aplicação do Design dentro do setor público demonstrando as ações do governo finlandês e comparando-as com Londres. Destacaremos aqui a atuação do fundo finlandês de inovação Sitra. O objetivo deste órgão, fundado em 1967, é abordar questões sócio-econômicas mais cruciais da sociedade finlandesa e propor soluções factíveis. Uma das ações citadas pelo autor foi a atuação da instituição na educação pública, onde buscou-se entender as dificuldades existentes em um sistema educacional que está entre os melhores do mundo. Este artigo vai de encontro a uma das questões levantadas na entrevista realizada com Gui Bonsiepe, com relação a atuação do designer no setor público brasileiro. Segundo ele, “Uma política industrial e uma política de desenvolvimento que não usam o design industrial como ferramenta são políticas amputadas”. Mas, afinal, o que são políticas de design?

Vamos começar a tecer idéias para responder essa pergunta e melhor, vamos sim provocar as mudanças com nossa força intelectual, afinal somos formadores de opinião.

Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial

sábado, 7 de julho de 2012

Crise vs Empreender + Inovar

No âmbito de um ciclo de seminários, organizado pelo PAEGI (Programa Avançado em Empreendorismo e Gestão da Inovação), teve lugar na última segunda-feira, ao final do dia, na Universidade Católica, uma sequência de comunicações subordinadas ao tema "Empreender e Inovar em Tempos de Austeridade".

O painel de oradores consistiu num grupo heterogéneo de empresários e académicos que se dedicam a diversas áreas, desde soluções informáticas, novas formas de financiamento, produção de acessórios em cortiça, até ao mundo do Design.

Pedro Janela (co-fundador & Group Development  e Diretor do WY Group)  faz uma referência espirituosa aos discursos de ano novo dos nossos Presidentes da Republica, que desde há muitos anos repetem os discursos catastrofistas de crise e desgraça. No entanto, para ele a austeridade é a melhor altura para inovar e empreender e "são e serão sempre os empreendedores o motor da economia".

Pedro Oliveira (coordenador do Programa Avançado de Empreendedorismo e Gestão de Inovação e do Programa de Doutoramento TCE Carnegie Mellon-Portugal) dá-nos a resposta em números: mais de 50% dos produtos inovadores surgiram em situações sociais de grande precariedade.

Por seu lado, Francisco Fonseca, co-fundador & CEO da AnubisNetworks (líderes de mercado na área da segurança na internet) e membro da direção da ANJE (Associação dos Jovens Empresários), confirma os nossos receios: "Portugal é um handicap neste momento".  Mas também corrobora as ideias anteriores ao dizer  que "a crise pode ser uma oportunidade" e que a  "performance é boa num indivíduo quando acredita no que está a fazer e não tanto no dinheiro que tem".



Curso para programar games por R$190,00 reais

Uma pesquisa divulgada recentemente pela empresa de análise Newzoo mostra que o Brasil se aquece nesse mercado. A absorção dos jogos sociais, móveis e MMO (jogadores múltiplos) e os modelos de negócios do tipo “jogar é grátis” estão acelerando o crescimento dos gastos com esse tipo de processo, cujo crescimento esperado era de US$2 bilhões para 2012.
Mas não basta ser programador para entrar no filão. “É importante ressaltar que a pessoa [que quer acompanhar as aulas] tem que jogar, porque ela terá mais noção e criatividade para conseguir criar”, aconselhou Roberto Cuba Júnior, coordenador pedagógico Grupo All Net, empresa responsável por esse curso em questão, que tem duração de dois anos.
Quando uma pessoa busca se especializar no desenho de games, é preciso estar aberto para aprender a utilizar as seguintes ferramentas: GMax – Usado para fazer a modelagem 3D; Blender – Usado para fazer a modelagem 3D; Biturn – Usado para converter os formatos dos modelos 3D; Valve Hammer – Ferramenta para design de cenários 3D; PhotoShop – Pintura digital das texturas 3D; Game Studio – Engine comercial para rodar os jogos e Game Maker – Ferramenta para desenvolver jogos 2D.
No caso do curso do Grupo All Net , é possível aprender a modelos virtuais, tornando-o apto a atuar nos mercados de arquitetura (representação de estruturas, prédios e casas), design (modelagem de produtos e protótipos),  propaganda (animação, personagens), cinema (cenários, efeitos especiais), jogos (modelagem de personagens e cenários), medicina (representação 3D do corpo humano), entre outras áreas que usam estas tecnologias como recurso.
Voltando à pesquisa da Newzoo, a maior parte do dinheiro movimento na indústria de jogos eletrônicos é gasta online ou por meio de telefones celulares. Os jogos no Facebook e no Orkut são responsáveis por 11%, enquanto os sites dedicados a jogos casuais ficam com 15%, em comparação aos 16% que são despendidos com os tipo MMO (jogadores múltiplos): US$320 milhões. Os telefones celulares ficam com 9% da fatia. Os vídeo-games e os jogos de computador comprados para PC e Mac ficam com consideráveis 34% dos gastos do mercado, mas uma grande parte desse dinheiro vai para o comércio de segunda mão e de cópias ilegais.
Três quartos dos compradores de jogos de vídeo-game e computador dizem que adquirem jogos dessa maneira. Os brasileiros também gastam mais dinheiro (US$300 milhões) baixando jogos pela internet do que comprando jogos para PC e Mac que vêm na caixa.

terça-feira, 3 de julho de 2012

Insulina sem agulha

Foto: Reprodução.
O desconforto gerado pelas repetidas picadas de agulha é uma das maiores causas da negligência no tratamento do Diabetes. Mas um equipamento alemão está mudando essa realidade no Brasil: a Caneta Safe-Inject. O dispositivo, que aplica a insulina através de um sistema de pressão, dispensando injeções, foi lançado em abril deste ano, no país, pela Hemocat, importadora exclusiva do produto, e já está sendo comercializado em 54 farmácias especializadas.

Foto: Reprodução.
O método realiza as aplicações de maneira segura e eficaz, sem as temidas e desconfortáveis picadas de agulha. “Alguns pacientes não fazem o controle adequado da glicemia (açúcar no sangue), pois seguir corretamente a recomendação médica significa, em alguns casos, tomar injeções várias vezes ao dia”, explica o médico endocrinologista Paulo Rizzo Genestreti, membro da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), Coordenador do Grupo de Diabetes do Hospital TotalCor/SP e Coordenador de Pesquisa Clínica em Diabetes da AMIL/SP.

Segundo o endocrinologista, o novo dispositivo injeta a insulina por um sistema de pressão por mola, proporcionando melhor distribuição do medicamento no tecido subcutâneo. No Brasil, existem cerca de 12 milhões de diabéticos.

Havaianas completam 50 anos com modelo comemorativo

Foto: Reprodução.

As Havaianas completam 50 anos com um modelo comemorativo, que lembra aquele que os jovens dos anos 80 inventaram para ir à praia, e com o anúncio de uma nova fábrica, prevista para começar a operar no primeiro trimestre do ano que vem.

 O modelo comemorativo na verdade são dois: o que lembra aquele originalmente lançado em 1962, de solado branco e tira colorida, e o de uma cor só, simulando aqueles de solado virado.

Foto: Reprodução.

“São 50 mil modelos comemorativos colocados à venda a R$ 50, tudo remete ao número 50, dos 50 anos, e toda a verba da venda desses modelos será revertida em favor da Unicef”, explica Rui Porto, Consultor de Comunicação da Alpargatas.

De commodity a acessório de moda Porto explica que, durante 32 anos, as sandálias foram um produto único, sem inovação: uma commodity.

“De 1962 até 94 a Havaianas era produto único: sandália branca com tiras em quatro cores. Estava virando uma commodity, um produto sem inovação, sem ter apelo nacional, mas com boas características. Afinal, era confortável, não soltava a tira, não tinha cheiro. Era um produto popular”, conta.

Até o momento, segundo Porto, em que a concorrência começou a engolir as sandálias no final dos anos 80 e a revolução veio em 1994, quando além das tradicionais de solado branco, a fábrica lançou os modelos monocromáticos em rosa, azul, preto e lilás.


“Foi o primeiro passo para uma revolução que não terminou mais. Foi um grande reposicionamento, de commodity a acessório de moda. Foram agregadas novas cores, novos modelos, o produto se diversificou”, disse ele, explicando que, sem contar os customizados, são mais de cem modelos de Havaianas, com uma média de seis cores por modelo, o que resulta em 600 possibilidades de o consumidor ter uma Havaianas diferente.

“E não para. A cada ano novos modelos, cores e estampas a partir de temas. Este ano o tema é a Tailândia; no ano passado, foi a Turquia; antes, a Índia. A revolução da marca mexeu não apenas no produto, mexeu na embalagem, nos pontos de venda, que eram pobres, na propaganda, comunicação”, disse.

Rui Porto conta que o sucesso da marca se deve à estratégia de ouvir o público.

“A partir do momento em que vimos que o consumidor virava o solado da sandália, fomos ouvir o consumidor, não só de maneira formal, em pesquisas, mas ouvir na rua, percebendo para onde as coisas estavam indo”, disse.

Foi dessa observação que surgiu a coleção com as cores e estampas de times de futebol e a Havaianas Brasil, com a bandeira, criada para a Copa de 1998.

“A gente perdeu a Copa, mas o produto continuou vendendo. E hoje a Havaianas Brasil, com a nossa bandeirinha, é a mais vendida fora do Brasil. Originalmente criada somente nas cores brasileiras, a partir do desejo dos consumidores ela é hoje produzida em várias cores, mas sempre com a bandeira do Brasil, um sucesso da marca no exterior”, explicou.

Em 2011, foram vendidos 210 milhões de pares de sandálias no mundo, disse Rui Porto, explicando que 15% da produção é exportada. A produção em grande escala vem da fábrica de Campina Grande, na Paraíba, mas a fábrica da Alpargatas em Carpina, Pernambuco, também colabora na produção.

No primeiro trimestre de 2013, segundo Rui Porto, entra em ação a fábrica de Montes Claros, em Minas Gerais, que está em fase final de construção e começará a operar com uma produção anual de 100 milhões de pares, gerando 2.500 empregos diretos.

A Havaianas tem apenas duas lojas próprias no país, ambas em São Paulo, mas cerca de 250 franquias. Tem ainda lojas próprias em Madri, Barcelona e Valência, na Espanha; em Roma, na Itália; duas em Paris, na França; uma em Londres, na Inglaterra. Nos Estados Unidos tem uma loja em Huntington Beach, na Califórnia, e ainda este ano abre uma em Miami.

G1

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Nike Sole

Por anos, temos visto atletas com próteses quebrando todos os tipos de limites que antes eram intransponíveis. E agora a Nike está atravessando a última barreira, fazendo um tênis para pessoas que não têm pés.
Projetado para trabalhar com a lâmina Össur Flex-Run, o Sole foi um esforço colaborativo entre a Nike e triatleta Sarah Reinertsen. Como um tênis funcionando normalmente, o Sole com uma sola e uma entressola, que prende a lâmina de fibra de carbono com um material chamado Aeroply. Engenheiros da Nike conceberam um sistema inteligente para fixar o Sole para a lâmina, utilizando uma âncora e uma tira de borracha.
Sem limites o desenvolvimento de produtos e a visão de mercado. A ajuda social existe mas, voltada para o comercial, um capitalismo com proveito recíproco, pelo menos para quem pode pagar.  



Segue um video para todos apreciarem.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Projeção mapeada.

Estava pesquisando sobre propaganda, animação e me divertindo com alguns vídeos, quando me deparei com a apresentação do Audi A1 e o A7, que utilizaram de maneira nova a forma de projetar imagens.
É chamada de projeção mapeada, a idéia é a mesma que a do cinema, a projeção de filmes, porém a diferença que pode criar ilusões visuais em variadas superfícies não apenas planas. A superfície que servirá de tela para a projeção é mapeada em 3D e, em seguida, o computador calcula todas as suas curvas e saliências. O filme então é adaptado à estrutura mapeada, evitando qualquer tipo de distorção na hora da projetar sobre formas e volumes. As finalidades do produto são inúmeras: campanhas publicitárias, shows, espetáculos teatrais, desfiles de moda.
Vejam o vídeo e tirem suas conclusões.



  

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Cursos on-line na Área de Moda

Para os formados e os que estão cursando a graduação, uma boa oportunidade de agregar maiores conhecimentos sobre o mercado fashion. Estou falando do curso totalmente on-line do EnModa, que está efetuando as inscrições de quem se interessar até 24/02 diretamente no site ou pelo telefone. Os cursos são variados, mas em especial esses nas áreas de Comunicação em Moda, Design de Moda, Negócios da Moda e Consultoria e Imagem, percebam que são direcionados para evoluir os conhecimentos do profissional para atuar diretamente no mercado de trabalho. Vale ressaltar que os professores são profissionais que atuam no mundo fashion o que para um bom aluno será de suma importância para absorver experiência. Para maiores esclarecimentos, informações ou para simplesmente começar a se desenvolver acessem www.enmoda.com.br ou ligue (11) 4195.6275 e aproveite.


domingo, 19 de fevereiro de 2012

Regulamentação da Profissão

HISTÓRICO

O projeto de lei 2.621/03, de autoria do deputado Eduardo Paes (PSDB-RJ), é o sexto a tramitar na Câmara com a mesma finalidade básica – a regulamentação do exercício profissional de desenhista industrial. Desde 1980 outros cinco projetos foram apresentados e nenhum deles foi aprovado.

O primeiro projeto a propor a Regulamentação da profissão foi o PL 2946/1980, do deputado Athie Coury. Apresentado em plenário no dia 8 de maio de 1980, a proposição foi arquivada pela mesa diretora da Câmara dos Deputados pouco menos de três anos depois, em 2 de fevereiro de 1983.

Em 24 de agosto de 1989, o deputado Maurílio Ferreira Lima (PMDB-PR) apresentou o PL-3515/1989, que “regula a profissão de designer”. Em 1993, outro projeto visando a regulamentação foi proposto, o PL 4241/1993, do deputado Chico Amaral (PMDB-SP). Este último projeto foi apensado ao do deputado Maurilio Ferreira Lima, mas no prosseguimento da tramitação o projeto foi arquivado em 2 de fevereiro de 1995, nos termos do Regimento Interno.

O mesmo fim teve o projeto de lei 1965/1996, do deputado Hugo Lagranha (PTB-RS), outro que se propôs a regulamentar a atividade de desenhistas industriais. A proposta foi arquivada em 21 de maio de 1998.

O mesmo objetivo tinha o projeto de lei 6647/2002, do parlamentar José Carlos Coutinho (PFL-RJ). O destino foi o mesmo dos anteriores: o PL 6647/2002 foi arquivado pela mesa diretora da Câmara dos Deputados, também por questões regimentais.

Encontrei essas e outras informações pertinentes ao nosso mundo no site www.designbrasil.org.br , que gosto bastante de visitar.




quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

As Aventuras de Tintim

Foto: Reprodução.

Inspirado nos famosos quadrinhos do belga Hergé, a adaptação animada "As Aventuras de TinTim" é dirigida por Steven Spielberg e coproduzida por Peter Jackson, que dirigiu 'O Senhor dos Anéis'.'O Segredo do Licorne' será o primeiro filme de uma possível trilogia dos desenhos de Tintin, fruto da parceria de peso entre Spielberg e Jackson.


Fotos: Reprodução.

No segundo filme da sequência, Peter Jackson deverá assinar a direção. E, segundo rumores, um terceiro filme poderia ser dirigido por James Cameron, criador do mundo mágico de 'Avatar'.

A história do primeiro filme foi inspirada em uma publicação de 1942 de um jornal belga que publicava os quadrinhos de Georges Remi, conhecido como Hergé. O desenhista criou Tintin em 1929 e só parou de desenhá-lo quando morreu, em 1983. O personagem que dá nome ao desenho é um jovem repórter e viajante belga, que tem em seu fiel cão Milu a companhia ideal para suas aventuras. Na trama deste primeiro filme, os dois descobrem a localização de um navio naufragado há muito tempo e dado como perdido, o 'Licorne', e vão em busca de seus tesouros.


Fotos: Reprodução.


Efeitos especiais

Além de ser em 3D, uma complexa técnica para capturar o movimento também foi agregada ao filme. Atores reais tiveram seus movimentos captados por computador e depois animados, assim como foi feito em Avatar. Esse é um processo muito demorado, sendo que a parte mais complicada de animar são os rostos dos personagens. Provavelmente esse é um dos motivos na penumbra nos rostos dos personagens no trailer, pois estariam inacabados.

O elenco é composto pelos atores Jamie Bell, Daniel Craig, Andy Serkis, Simon Pegg, Nick Frost, Gad Elmaleh, Toby Jones e Mackenzie Crook.


Fonte / autor: MTV Brasil